Projeto Portal Mãe Empreendedora- Indaiá Jaquelen empresa Babywearing

Nosso cantinho- História da mãe empreendedora Indaiá

Hoje em nosso cantinho do projeto Portal Mãe Empreendedora, você vai conhecer a história de Indaiá Jaquelen e da empresa Bebê da Mãe Babywearing.

Tudo que acontece na minha vida é em função das minha escolher, nunca dependi de ninguém e tudo que conquistei foi através do meu estudo e de muito trabalho, sim de muito trabalho.

Trabalho desde os meus 14 anos, comecei como menor aprendiz, depois passei na faculdade e logo consegui o meu primeiro estágio no banco Barrisul, depois no Banespa, e resolvi que queria mudar, sair do mercado financeiro para começar a trabalhar na contabilidade, foi quando surgiu a oportunidade de fazer um estágio na CGTEE, lá conheci pessoas incríveis, profissionais de alto gabarito, que com muita psicologia e inteligência souberam me passar um conhecimento que fez com que eu me apaixonasse pela contabilidade, principalmente pelo mercado de energia, essas pessoas foram verdadeiros anjos na minha vida e nunca vou esquece-los, não vou citar nomes para não esquecer de ninguém.

O meu primeiro cargo com carteira assinada foicomo assistente contábil, depois fui Junior e quando me formei na faculdade veio então o tão desejado cargo de Analista pleno. Resolvi fazer uma pós-graduação, afinal de contas já estava chegando nos 30 anos, e a pressão de pessoas próxima era grande por ainda não ter filho, então pensei depois que eu concluir a minha pôs, vou só trabalhar para por em prática tudo que tinha estudado na faculdade e na pós-graduação, e agora sim vou relaxar, e se Deus quiser agora posso ter meu filho, afinal de contas, já tinha adquirido o meu apartamento e as coisas iriam fluir naturalmente.

Mas não aconteceu bem assim, estava eu tentando engravidar, quando fui demitida, a empresa me demitiu em fevereiro 2012.Sempre fui determinada e sabia que conseguiria outra oportunidade, era só adiar o filho para o próximo ano.

Comecei a entregar curriculum, até que no mês de maio de 2012 , uma empresa me ligou pela segunda vez e disse gostamos do teu curriculum e de vc, queremos te contratar, nessa semana eu já estava me sentindo estranha e falei para o André acho que estou grávida…

E disse ele, não, capaz, já tentamos por tanto tempo, agora, acho que não, pode ser ansiedade tua em função das entrevistas, e testes, e dinâmicas que tu tem participado. Deixei ele ir trabalhar e resolvi comprar um teste de farmácia, fiz o teste, quando apareceu os dois traços…

Meu Deus, esqueci de tudo e me subiu uma felicidade, uma emoção tão grande, e desde aquele instante, nada mais podia ser mais importante que aquela sementinha que habitava o meu corpo. Peguei o celular liguei para o André. E ele disse que ficou muito feliz, mas tremeu as pernas e pensou…

Será que vou dar conta, a Indaiá não vai conseguir voltar para o mercado tão cedo, agora será tudo comigo. E ele correu atrás, trabalhou por nós dois, amadureceu, aprendeu, cresceu, não foi e nem está sento fácil, está o tempo todo em desenvolvimento, se reinventando para administrar tudo, e tenho certeza que um dia o Arthur vai entender e valorizar tudo que estamos fazendo por ele.

Depois que passou a emoção, veio voz da razão e lembrei, meu Deus agora não vou pode trabalhar, tenho que ligar para a empresa e dizer que tinha acabado de descobrir que estava grávida e agradecer a oportunidade, e foi o que fiz.

Chorei muito, porque não era assim que tinha sonhado, mas Deus é sempre maior que tudo, e ele sabia que eu iria dar um jeito.
Eu tinha uma boa reserva, nos organizamos e vimos que dava para ficar com o Arthur até 1 ano.

E assim foi, após a festa de aniversário do Arthur comecei a procurar, mas não acontecia, não aparecia nada, a coisa começou a ficar difícil e resolvi trabalhar por conta, como MEI, foi quando comecei a revender produtos de criança, fazia uns trabalho como autônoma prestando serviço, até que um dia, me dei conta, que eu era capaz de fazer e que eu também sabia fazer e criar produtos, então comecei a fazer os carregadores de bebê, mais conhecido como Sling, assim consegui trabalhar de casa pela internet e foi pelo amor que sinto pelo meu filho que surgiu a Bebê da Mãe Babywearing. Conheci tantas pessoas legais, clientes que viraram amigas, amigas que viraram clientes, gostaram de mim, do meu produto. Obrigada de coração adoro todas vcs!!!

E hoje resolvi me abrir e contar, para quem não conhece a minha trajetória, essa foi a minha história de como cheguei até aqui, tenho muitos projetos ainda, muita coisa legal está por vir. Não foi fácil, mas nós conseguimos e agora tudo está se organizando e aos poucos estou entendendo que nada é por acaso.

E apesar de ser julgada, criticada e ter ouvido tanto que eu iria me arrepender de ter parado por um tempo, para ficar com o meu filho, hoje eu posso falar com toda a certeza do mundo, não me arrependi, passou muito rápido, foi difícil, mas eu aprendi mais que ensinei e sei que todo esse tempo serviu para eu ser hoje uma pessoa melhor, mais inteligente e ainda mais competente e responsável, com uma visão da vida totalmente diferente de antes do meu filho, e a palavra de ordem de hoje é GRATIDÃO!!!!

Não são as pedras que surgem no meu caminho que me fazem parar, eu sempre criarei desvios para chegar nos meus objetivos!!!!!!!

GRATIDÃO!!!!!

Contatos: (51)992384845 ou (51)994650303

https://www.facebook.com/Bebedamaebabywearing/about/

 

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Os comentários foram encerrados, mas trackbacks e pingbacks estão abertos.