Fotografia de parto

 

Fotografia de parto
créditos fotografia: Thalita Castanha.

Fotografia de parto é uma tendência que se torna cada vez mais recorrente no Brasil. Registrar cada momento único do trabalho de parto, desde o seu início até o primeiro encontro entre os país e o bebe, a primeira mamada, é um trabalho que exige especialização, talento e acima de tudo sensibilidade para captar a beleza da maternidade e da chegada de uma nova vida.

Fotografia de parto 

Lidar com a expectativa do novo, a insegurança, e a emoção da família que está ali para receber um ser tão indefeso e totalmente dependente dos pais é comovente, e para a fotógrafa Thalita Castanha não é diferente, há cinco anos fotografando e hoje uma média de 18 partos por mês, a emoção é a mesma de quando fez o primeiro registro de uma nova vida.

” Cada parto é um parto. Cada nascimento é único e especial e se um dia eu não me emocionar mais, alguma coisa aconteceu com o valor que dou para o momento do nascer… Fico emocionada a cada nascimento e registro a emoção porque acredito nela!“, conta a fotógrafa.

Cada profissional tem sua marca, seja em iluminação, ângulos, enquadramentos… A fotografia da Thalita tem o poder de passar toda a realidade e emoção do momento que está sendo eternizado, ela explica como consegue trazer essa imagem tão real. ” Observando a todo momento, concentrada dou valor para as particularidades de cada casal e a emoção registrada é apenas uma consequência de tudo que está acontecendo ao meu redor” explica Thalita.

Fotografia de parto
Créditos fotografia: Thalita Castanha

Os principais desafios e medos

As preocupações acerca da saúde, da permanência no hospital e as incertezas e medos dos pais são alguns dos principais desafios enfrentados pelo profissional da fotografia de parto.

As gestantes e os pais têm a preocupação em quem contratar, em quem confiar, pois é um momento de muita entrega e intimidade do casal.

A fotógrafa Thalita Castanha relata a principal preocupação do casal no momento da contratação. ” O medo maior deles é que as fotos sejam invasivas e que o profissional fique interrompendo o momento para fazer poses. Eu entendo que não é um ensaio fotográfico, por isso me faço imperceptível e fotografo o que acontece na sala de parto“, afirma a fotógrafa.

Além disso, existem todas as preocupações com a saúde e a segurança dentro do hospital. Toda equipe médica tem sua forma de trabalho e necessita da agilidade dos companheiros para que tudo corra da melhor maneira possível, cuidando do bem-estar da paciente e do bebê que está prestes a nascer.

É aí que entra o profissionalismo do fotógrafo e percepção para não interferir e atrapalhar o momento do parto.

Um detalhe muito importante que faz a diferença na fotografia da Thalita Castanha. ” Eu me faço invisível e me adapto a situação, não mexo e não peço nada, se o soro está em um lugar pouco favorável para as fotos, arrumo uma maneira de fotografar com ele ali. O que me faz transparente no momento do parto é observar sem fazer parte“, conta.

Fotografar o nascimento, o amor e a vida é gratificante para o profissional envolvido, mas nem sempre acontece como planejamos.

Thalita Castanha já passou por alguns momentos difíceis na profissão. “Na maioria dos partos o resultado é maravilhoso, mas já fiquei fora da sala porque o bebê e a mãe estavam correndo risco de vida, esses imprevistos acontecem“.

Ao toque de um clique Thalita demonstra seu diferencial… Durante a cobertura fotográfica de parto, expõe a sensibilidade única do momento e não perde a chance de registrar o nascimento de uma vida.

Créditos: Thalita Castanha

Como tudo começou: – E foi ao vivenciar a gravidez do seu primeiro filho que a fotógrafa Thalita Castanha despertou seu interesse em eternizar através das suas lentes o parto de outras mulheres.

Formada em fotografia pela Universidade Belas Artes, Thalita se aperfeiçoou em aulas de Fotografia em NY – Escola Photo Manhattan NYC, é membro da NAPCP – NationalAssociation of Professional Child Photographers (NAPCP), fez curso preparatório para fotografia de parto * Pro Matre, curso preparatório de Newborn no IIF – Instituto Internacional de Fotografia.

Atualmente é uma das poucas fotógrafas credenciadas nas principais maternidades de São Paulo, como: Pró-Matre, Santa Joana e Albert Einstein.

Thalita Castanha é hoje referência na fotografia de parto e responsável por todos os registros desde a gravidez das atrizes Deborah Secco, Thais Pacholek, Thais Fersoza, Juliana Alves, a apresentadora Eliana, a youtuber Jéssica Costa, filha do cantor Leonardo, Rubia Baricelli, filha do ator Luigi Baricelli, entre outras…

 

Fotografia de parto

Contatos: @fotografa_thalitacastanha

Facebook: https://www.facebook.com/fotografathalita/?pnref=lhc

site: www.thalitacastanha.com.br

Os comentários foram encerrados, mas trackbacks e pingbacks estão abertos.