Smash the Cake

Smash the Cake

Smash the Cake

Oii Mamães!
Vocês já devem ter ouvido falar em Smash the Cake, mas sabem como funciona? E se não for com bolo tem outra opção?


Para nos explicar direitinho todos os detalhes deste lindo ensaio, chamamos a querida e talentosa Carol Scheffel.

Um ensaio delicioso

Humm, cheirinho de bolo gostoso no ar!
Hoje vamos falar sobre um ensaio que está em alta na fotografia, o Smash the cake. Este já conquistou muitos admiradores mas também recebe muitas críticas. O ensaio Smash the cake, nasceu nos Estados Unidos e já há um bom tempo ganhou força aqui no Brasil, sua tradução para português é “esmague o bolo” e esta é a ideia inicial deste tipo de ensaio infantil.
Este ensaio tem por intenção registrar o primeiro contato do bebê com o doce, pelo menos na teoria. A ideia é registrar o bebê se deliciando com o bolo, sem nenhuma restrição.

O bebê pode pegar o bolo com a mão, pode morder o bolo direto com a boca e por aí vai. Quanto mais lambuzado melhor. O bolo tradicional também pode ser substituído pelo cupcake.
O lindo do ensaio Smash the cake é ter registrado os olhares de curiosidade e descoberta, as caras de satisfação e as vezes de nojo, deste primeiro contato do bebê com o doce.
Para este ensaio geralmente é criado um cenário de festa, com balões, velas e claro o bolo. O ensaio tem um tempo ideal como qualquer outro, este é realizado geralmente no 1º aninho do bebê, mas as fotos podem ser feitas aos 11 meses até os 2 anos.
Para os bebês que as mamães optam em não dar doce foi criado o smash the fruit ( esmague a fruta), onde o bolo é substituído por frutas. Como citei no início do texto este tipo de ensaio recebe muitas críticas em função do desperdício de comida e também da valorização do doce na alimentação.
Preciso ser sincera com vocês que na primeira vez que fiz o ensaio smash the cake, ao pegar o bolo todo estragado no final do ensaio a minha sensação foi exatamente esta, naquele momento quase que eu desisto de fazer o tão lindo, fofo e gostoso smash the cake. Mas para tudo tem uma solução e eu fui atrás dela.
Hoje em dia muitos fotógrafos ( inclusive eu ! ) utilizam apenas uma fatia do bolo, conserva o bolo lindo para as fotos, com a fatia o bebê se lambuza, faz a folia necessária e no final ainda o bolo pode ser consumido pela família.
No caso das frutas, é bacana pegar frutas que dê lambuzo, manga, melância, laranja e por aí vai. Existem também profissionais que fazem bolo de fruta, recortam as frutas de forma que elas fiquem no formato de um bolo, mas aí para mim entra novamente no desperdício citado acima.

É importante salientar que para este ensaio usar todo o bolo e não conseguir comer após ou usar apenas uma fatia e poder comer depois é uma opção e não é regra. Quem defini isso é a mãe e o profissional. As duas formas estão corretas e são bonitas.
No final, depois de tudo escolhido o que importa mesmo, é que este ensaio seja divertido para o bebê e para a família, que ele possa render muitos sorrisos, caras de nojo, risadas gostosas, mãos e bocas lambuzadas e porque não um delicioso banho no final.
Foi um prazer dividir com vocês um pouco do meu trabalho.

Caroll Scheffel

**********

Curso brigadeiros e beijinhos gourmets

Salvar

Salvar

Salvar

Os comentários foram encerrados, mas trackbacks e pingbacks estão abertos.